Criado por Messias Henrique Dias Soares © 2016

Sustentabilidade e sua relação com a Ecoeficiência dentro de uma empresa

   Ecoeficiência é um termo que compõe a compreensão de sustentabilidade, a qual está sendo amplamente discutida nos últimos anos. Ela surge no momento em que o corpo administrativo de uma empresa começa a desenvolver um processo de gestão com o intuito de minimizar os impactos prejudiciais à natureza, os quais são decorrentes de sua linha produtiva e até mesmo aqueles ocasionados por atividades corriqueiras da equipe em questão.

   Para compreender isso, podemos pensar em uma empresa que tenha um grande número de funcionários e que tenha sua linha produtiva ativa na maior parte do dia, a qual não é difícil de encontrar hoje em dia. A demanda energética desta empresa, como o uso de energia elétrica para manter as máquinas em constante funcionamento é bem significativa. Portanto, o desenvolvimento de um processo que economize um pouco dessa energia em alguma etapa da produção deve ser feito de modo que esteja associado ao não comprometimento do produto desejado ao fim, ou seja, reduzir o gasto e manter a produção. Considerando o ponto de vista das atividades do dia a dia empresarial de cada funcionário, tem-se a questão de economia de materiais como folhas e copos descartáveis e também a necessidade de economia de água.

   Contudo, o processo de economia de recursos dentro de uma empresa não consiste simplesmente na redução da oferta de materiais aos funcionários e à linha produtiva. É necessária uma análise cuidadosa, pois uma atitude mal elaborada traz consequências a todo o sistema. Essas consequências podem ser responsáveis por desfazer o equilíbrio entre os três pilares da sustentabilidade, a economia, a sociedade e o meio ambiente.

   Além disso, o processo de ecoeficiência deve ser desenvolvido de modo que seja possível realizar a avaliação, a mensuração e o aprimoramento do que está sendo feito. Existem atividades que contribuem para o acesso a essas três variáveis, por exemplo, a elaboração de um programa de gerenciamento de resíduos sólidos (PGRS). O PGRS é uma ferramenta que não está limitada apenas na prática da separação dos resíduos de acordo com suas características. Ele permite conhecer melhor o ponto de geração de cada resíduo, a caracterização dos resíduos com potencial de impactar negativamente o meio ambiente, a quantificação deles, além de permitir a tomada de decisão em algum ponto que haja inconformidade com o que era planejado.

    Sendo assim, a ecoeficiência pode ser uma aliada de diversas empresas no âmbito da sustentabilidade, desde aquelas ligadas a serviços administrativos e financeiros até aquelas que produzem alimentos e roupas, por exemplo. A Engenharia Ambiental é uma potencial contribuinte para que esse objetivo seja alcançado, de modo que suas ferramentas e tecnologias buscam visualizar, estudar e efetivar a sincronia entre o meio ambiente, a sociedade e a economia dentro de um sistema produtivo.

 

https://www.facebook.com/Sustentaconsultoria
Please reload

Posts Em Destaque
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload